08/06/2012

Caju amigo


Viciado em caju como sou, dia desses, indo ao Mocotó, resolvi pedir um caju amigo. Sabia que era um drinque que levava caju, mas não sabia o que me esperava, devo confessar. Era uma bomba de gostosura, gelada e docinha como o dia pedia e a comida também.

Depois fui à santíssima web pesquisar a respeito e descobri que ele é genuinamente paulistano, tendo sido criado em 1974 pelo barman do tradicional Pandoro. Imaginei que fosse algum drinque nordestino, mas me enganei feio. A receita original é com vodca, mas, vamos e venhamos, um drinque de caju, brasileiro, vai ser feito com vodca? Tem que ser com uma boa cachaça, né?! No Mocotó é com cachaça mesmo e fica uma delícia.

Modo de fazer:
2 cajus em calda
2 colheres de sopa da calda do caju em calda
1 dose de cachaça
Gelo a vontade

Modo de preparar:
Misture tudo numa coqueteleira e bata. Depois é só servir num copo tall com canudo e colher. Os pedaços do caju em calda ficam ainda mais gostosos com a cachaça.

Nenhum comentário: