24/03/2012

Broinhas de fubá



Seção nostalgia num sábado a noite.
Com saudade da casa da avó onde os bolos eram assados no fogão à lenha, fui acometida por uma imensa vontade de comer broa de fubá. Saudade mesmo, daquelas que não se mata indo à padaria da esquina.
E tem coisa mais mineira do que isso - broa de fubá com café? Bem, talvez nossa relação com queijo...
Enfim, fui checar a dispensa e a quantidade do ingrediente principal era ridícula, mal dariam duas xícaras.
Nada de me abater, com um caderno recheado com as melhores receitas de mãe, avós, tias, primas e bisavós, eu havia de encontrar uma que usasse apenas duas xícaras de fubá.
Encontrei essa aqui, broinhas de fubá da tia Filhinha, uma prima querida da minha mãe que marcou a minha infância por ter uma casa em Rio Novo em que a qualquer hora que se chegasse havia um tacho de cobre com algum doce gostoso sendo feito.
Aí vai ela.

Ingredientes:
3x de leite
2x de farinha de trigo
2x de fubá
2x de açúcar
2cs de manteiga
1 pires de queijo mineiro ralado (sim, vocês leram certo, o pires era uma medida comum há um tempo atrás)
1 cs de fermento em pó
6 ovos

Modo de fazer:
Fazer um angu com o leite, a farinha, o fubá, o açúcar e a manteiga. Espere esfriar e só então acrescente os ovos, um a um, o queijo e o fermento. Na receita original ela manda polvilhar um tabuleiro com fubá e colocar as broinhas com a ajuda de uma concha. Como eu já não tinha mais fubá, coloquei em forminhas de cupcake. Elas não ficam tão bonitas, mas o gosto continua delicioso.
Agora é só fazer um café fresquinho e aproveitar!

Dica da Myrna:
Substitua uma parte do leite por leite de coco, e se quiser as broinhas mais leves, bata as claras antes de misturar ao angu.

3 comentários:

Patrícia disse...

Acho q estamos num momento fubá, rs... Coincidentemente também tive desejos de bolo de fubá na semana passada, mas fiz uma receita tirada da net mesmo, nada de caderno de mãe, pq não tenho um aqui. E o último post do blog mixirica, assim como o seu, tb é de bolo de fubá feio com receita de parente. Olha q coisa! Não some, não. Bejos.

Clau disse...

Olá, estava procurando uma receita de pimentão agridoce e vim parar no seu blog.Amei e estou te seguindo.Vou fazer a caponata de pimentão.Bjus

Priscilla de Paula disse...

Adorei entrar de novo! tenho que aprender a cozinhar...