15/01/2012

Abobrinhas brasileiras ou culinária mediterrânea brasileira





Certo dia desses resolvemos incomodar os escorpiões que habitam em minha carteira e fomos a um restaurante famoso daqui de Sampa, o Tordesilhas. A proprietária, Mara Salles, é a responsável pela cozinha e faz pratos que constroem um mapa gastronômico de nosso país com comidas típicas de todo canto. Eu e a Bibi nos esbaldamos. Tudo excelente, da entrada ao cafezinho. Elogiamos tanto que o maitre a levou a nossa mesa e ficamos encantados com sua simpatia e simplicidade. E, nessa conversa, uma confissão da chef: sua grande inspiração é a comida mineira. Tinha carne de lata, tutu, um monte de pequenas indulgências que só o mineiro conhece. Para nós dois isso foi a constatação do óbvio, mas deu sentido a todo aquele banquete que experimentamos.

Bom, sem maiores delongas, o prato de hoje é dela. Não tem nada de mineiro, de baiano ou de qualquer outro lugar. Seria genuinamente mediterrâneo se nosso país estivesse em sua costa. De qualquer forma, as abobrinhas brasileiras da Mara Salles são imperdíveis e facilmente replicáveis por qualquer um, até mesmo eu.

Ingredientes:
2 abobrinhas graúdas
2 colheres de sopa rasas de açúcar
1 colher de sobremesa rasa de sal
¼ de xícara de chá de vinagre
1/4 de xícara de água
1/2 de xícara de azeite de oliva extra virgem
1 dente de alho amassado com a casca
½ pimenta dedo-de-moça, sem as sementes, cortada ao meio
1/2 pimenta de cheiro, com as sementes, cortada em diagonal
1 galho de dill
1 galho de manjericão
1 colher de sobremesa de salsinha picada
1 colher de sobremesa de cebolinha picada
Gergelim preto e branco torrado

Modo de fezer:
Amasse o alho com a casa e esfregue nas paredes de um bowl. Acrescente na sequência: açúcar, sal, ervas e pimentas. Misture bem. Adicione o vinagre e a água. Misture bem até que o açúcar e o sal estejam bem dissolvidos. Coloque o azeite. Derrame essa mistura sobre as lâminas de abobrinha cortadas na espessura de 2 mm. Misture com as mãos envolvendo todas as lâminas. Guarde na geladeira. Finalize com gergelim preto e branco torrado.

Obs: Fizemos uma quantidade um pouco maior e guardamos em um pote de conserva na geladeira. Com o passar dos dias a abobrinha só ficou mais gostosa!

Um comentário:

Sara disse...

É um prato muito rico, espero que em algum momento eu tenho tempo para fazer em casa de qualquer maneira, em algum momento eu gostaria de ter a possibilidade de comer em restaurantes em sao paulo