01/01/2011

Tartelette de ricota com morangos, ruibarbo e gengibre

Essa receita surgiu da imensa vontade de fazer alguma coisa com ruibarbo. Alguém aí conhece ruibarbo? Muito possivelmente só respondeu sim quem não mora no Brasil ou costuma viajar bastante...

Pois então, sou apaixonada por ruibarbo. Mesmo! Eu comecei a me interessar pela planta (pois é, não é fruta, apesar de parecer) assistindo aos programas do Jamie e da Nigella. Que gosto teriam aqueles talos vermelhos e fibrosos? Foi só provar e eu sabia que minha vida gastronômica havia sido abalada para sempre. Pra quem mora em SP é possível encontrar ruibarbos na Casa Santa Luzia, se não é o seu caso, faça as tortinhas com maçãs, morangos e gengibre e elas também ficarão muito boas.

Ingredientes para a massa:
2x de farinha de trigo
3cs de açúcar
150g de manteiga gelada
2 a 3cs de água gelada

Modo de fazer:
Misture a farinha, o açúcar e a manteiga até que fiquem com a aparência de uma farofa. Aos poucos, vá colocando as colheres de água e misturando até chegar na textura certa. Enrole em filme plástico e leve à geladeira por 30min, pelo menos. Eu fiz um dia antes pra que eu não passasse a véspera de ano novo com olheiras de tanto cozinhar...
Abra a massa nas forminhas ou em uma forma maior, faça alguns furinhos no fundo com um garfo e leve ao forno até dourar. Essa receita rende uma forma grande de 26 cm ou 24 forminhas de tartelettes.

Ingredientes para o recheio:
500g de ricota batida no liquidificador
1 pingo de essência de baunilha
300ml de creme de leite fresco batido até o ponto de chantilly
2cs de açúcar
raspas de limão

Modo de fazer:
Misture tudo com cuidado. E só!
Ah, pode colocar um pouco na geladeira antes de cobrir as tortinhas...

Ingredientes para a cobertura:
400g de ruibarbo
300g de morangos inteiros
alguns pedacinhos de gengibre em conserva picados
1 fava de baunilha
1x de açúcar
1 dose de rum

Modo de fazer:
Coloque todos os ingredientes em uma panela e deixe que cozinhem em fogo baixo. Mexa de tempos em tempos para não grudar no fundo. Quando estiver com a textura de uma geléia, pode desligar.
A cobertura rende muito e, além das tartelettes, pode também ser consumida como uma geléia deliciosa...

E este foi o nosso reveillon!

Nenhum comentário: