11/12/2009

Castelo de Edimburgo - Lamb Pie

O escocês é um povo curioso. Terra inóspita, fria e montanhosa; povo ameno, agradável, afeito à boa mesa e, principalmente, boa bebida. E por bebida não entenda cervejinha, vinho e esta baitolagem hereditária, congênita ou adquirida. Escocês toma uísque nacional! Traço aqui um paralelo com o mineiro, que é o escocês brasileiro. A comida de ambos é parecida: pesada, substanciosa, temperada. A bebida de ambos é parecida: lá uísque, feito com a melhor água das fontes das Highlands, aqui cachaça, feita com o maior carinho e com a melhor cana das nossas culturas.

Minas Gerais, ao contrário da Escócia, não tem castelos outros que não o do Edmar Moreira (quem ainda se lembra, hein?). Edimburgo, vila medieval que um dia foi, cresceu em torno de um castelo. Este foi erigido num dos pontos mais altos da cidade, com vista panorâmica de tudo em volta, inclusive do mar. O efeito visual lá de cima é fantástico, só mesmo vendo para crer.

Eu, Bibi e Clarice fomos lá conhecer o dito cujo e adoramos. Um dos melhores passeios naquela cidade de sonho. Fora que por ali, pertinho do castelo, há a Scotish Whiskey Experience, uma degustação de uísques nacionais de diferentes origens a preço razoavelmente bom. Não pagamos, pois estávamos racionando a grana.

Bem, voltando ao castelo: o lugar é demais. Todo reformado, com áreas bem preservadas, mas adaptado ao turismo confortável e educativo. A gente deixa um pouco de ser tão ignorante quanto habitualmente somos. O problema maior enquanto fizemos a visita foi o frio. Por o castelo ficar num alto de pirambeira o vento castigava. Como já era final de novembro, quase dezembro, não se tratava de uma brisa gostosa, mas de um vento frio, gélido, cortante e assassino. Lá pelas tantas cansamos e entramos no café do lugar para comer e, principalmente, para nos aquecermos. De tudo que provamos o melhor foi a comida da Bibi, uma Lamb Pie, com deliciosos pedaços de carne de cordeiro embebidos em um molho espesso que lembrava aquele de uma boa stake ale pie.


Não adianta ficar falando demais... Precisam ir lá para ver sobre o que estamos falando...

Nenhum comentário: