30/07/2009

Fettuccine com tinta de lula e Lula recheada com ricota e gorgonzola

Caros amigos, se vocês acompanham de fato o blog tem (olha a norma ortográfica aí, gente!) notado a ausência de minha verborréia. Isto se deve ao meu retorno para SP e ao período sempre desgastante de adaptação a um novo trabalho. Mudar a rotina, arrumar um novo teto, aprender coisas novas, enfim, sempre é difícil recomeçar. Mas não é assim que vivemos, de recomeço em recomeço?

O pior de tudo é que por enquanto estou impossibilitado de cozinhar por aqui. Quando retorno a JF respiro um pouco e meto as mãos na massa, literalmente. Prova disso foi este almoço a quatro mãos que Bibi e eu preparamos. Ela a lula, eu a massa. Um grande abraço aos amigos Patrícia & Giovanni, que nos permitiram comer a melhor massa do mundo!!! Almoço de domingo em grande estilo...

Paciência, leitores. Tenho ainda umas postagens na manga. Tô por aí, meio pedra, meio tijolo, firme igual a um prego na areia... Hora dessas eu apareço de novo (e não demora)!

Ingredientes para a massa:
400g de fettuccine al nero di sépia (esse é difícil encontrar por aqui, mas não impossível...)
1 dente de alho amassado
azeite, sal e pimenta do reino à gosto
um punhado de parmesão ralado
muitas folhas de manjericão

Modo de fazer:
Coloque em uma panela o azeite e o alho até que este doure um pouquinho, acrescente a massa já cozida e em seguida os temperos. Decore com as folhas de manjericão.

Ingredientes para a lula recheada:
250g de ricota
100g de creme de leite
um bom pedaço de gorgonzola picado com as mãos
2cs de queijo ralado
2cs de azeite
sal e pimenta a gosto
4 lulas inteiras e já limpas

Modo de fazer:
Bezunte as lulas com 1cs de azeite e reserve. Misture os outros ingredientes por tempo suficiente para desmanchar os grumos da ricota, só depois acrescente o gorgonzola.
Recheie as lulas fechando um dos lados com um palito, não se empolgue com a quantidade de recheio, ele fica muito bom, mas se colocarmos demais as lulas irão se abrir com o calor. Feche a outra ponta com palito também.
Coloque as lulas em uma assadeira e deixe por 5 minutos em forno quente. Aqueça uma grelha ou frigideira e coloque-as logo ao tirar do forno pra que peguem uma corzinha e fiquem mais apetitosas. Et voilà! Foi o melhor almoço em muito tempo...

Dica da Myrna:
Cuidado com esta massa, hein! Tão boa que basta colocar na água fervendo por no máximo dois minutos e pronto, já está cozida. Parece até massa fresca feita em casa.

OBS: Embora esta postagem tenha sido criada pela Bibi, como a receita, também foi feita a quatro mãos. Um abraço do Guilherme!

2 comentários:

Patrícia disse...

Bianca e Guilherme, fiquei tão feliz por vocês terem gostado da massa. Parece mesmo uma delícia! Eu ainda não fiz as minhas, não sei o molho certo para elas. Aceito (ou melhor, imploro) sugestões. Tenho uma massa com sálvia e outra com funghi. Me ajudem! Qdo fizer mando uma foto para o blog. Beijos e saudades imensas!

Patrícia disse...

Bianca, finalmente fiz o meu macarrão italiano. O meu era com sálvia. Foi só jogá-lo na água quente e a casa se encheu com o aroma da sálvia. Uma delícia! Vc tinha razão é o melhor macarrão do mundo! E o q é melhor, ainda tenho mais um pacote, de funghi. Huum!!! Saudades. Beijos.