31/05/2009

Arroz colorido à moda mediterrânea


O dia-a-dia de quem não tem uma boa secretária do lar demanda algum planejamento e trabalho. Os almoços precisam ser planejados de antemão e a geladeira tem sempre que ter algum coringa para ser usado na última hora. A história desse prato cruza esta linha.

Esta semana eu e a Bibi cozinhamos arroz suficiente para dois almoços nossos e o deixamos na geladeira juntamente com um rosbife (a ser postado em um futuro breve). Eu confesso não ser um grande fã de arroz, mas, querendo aproveitar uma abobrinha e um par de pimentões coloridos para enriquecer o almoço com uma salada de legumes, acabei improvisando este arroz colorido. Esta quantidade da receita serve duas pessoas com fartura.

Ingredientes:
1 abobrinha
1 pimentão vermelho
1 pimentão amarelo
Alho
Azeite
1 colher de sopa de manteiga
Sal e pimenta à gosto
Queijo parmesão ralado (meia xícara)
Arroz branco previamente cozido (cerca de 2 xícaras)

Modo de preparar:
Lave a abobrinha e corte-as em fatias e, posteriormente, divida-as em quatro. Lave os pimentões, corte-os ao meio e retire as sementes e aquele miolo esbranquiçado, fatiando os pimentões de um pouco menos de meio centímetro em seguida.

Em uma panela wok aqueça em fogo baixo um fio de azeite e a manteiga, acrescentando em seguida dois dentes de alho amassados. Quando o alho tiver começado a dourar um pouco, acrescente todos os legumes e misture bem. Adicione sal e pimenta preta moída à gosto. Os legumes deverão ser refogados por tempo suficiente até que a abobrinha esteja firme, mas macia, e os pimentões estejam al dente. Ainda com a panela no forno acrescente o arroz diretamente da geladeira e o queijo ralado, misturando bem. Experimente antes de servir para acertar o ponto do sal e da pimenta. Polvilhe um pouco de queijo ralado por cima do arroz já servido apenas para decorar o prato.

Dica da Myrna:
Na geladeira nada se cria, nada se perde. Tudo se transforma! Dê asas à sua imaginação!

Post scriptum:
Eu não sou um fã ardoroso de arroz todos os dias, mas justiça seja feita para o arroz com feijão. Uma ou duas vezes por semana abandonamos nossa cozinha para nos deliciarmos com esta delícia nas casas de meus pais ou meus sogros. Gustavo, você tem razão!

Nenhum comentário: