07/05/2009

Abobrinha refogada com calabresa


Roubaram meu pé-de-moleque, mas aqui presto o tributo à autora da receita: Bibi! Justiça seja feita, o prato ficou uma delícia, mas ficará ainda melhor com a historinha por trás do fato.

Caros leitores, vocês bem sabem como são aquelas manhãs preguiçosas de domingo. Acordar um pouco mais tarde, tomar café com o sol a pino, arrumar pequenas coisas dentro de casa que nunca temos tempo para fazer durante a semana, enfim, um misto de ócio com pequenos afazeres essencialmente domésticos. Nesta situação uma barreira intransponível se impõe: a do pijama. Ninguém, sobretudo se o tempo estiver um pouco mais frio, gosta de tirar o pijama nestes dias. O mesmo parece se moldar à nossa silhueta e se torna quase uma segunda pele.

Esta receita surgiu numa manhã assim. Bibi e eu, eu e Bibi, cansados, preguiçosos, não quisemos sair de casa para comprar algo para o almoço. Então recorremos à geladeira e nos deparamos com um vácuo, todavia eis que achamos ali um punhado de calabresa, abobrinhas e cebolas. Por que não fazermos uma salada com isto? A imagem conta o restante da história. O gosto, no entanto, só fazendo que vão descobrir!

Ingredientes:
2 Abobrinhas
2 Cebolas
200 g de linguiça calabresa
1 dente de alho picado em pedacinhos bem pequenos
Azeite
Sal e pimenta

Modo de preparar:
Corte as abobrinhas em rodelas e divida-as em quatro para facilitar o cozimento. Com as cebolas e a linguiça siga o mesmo raciocínio. Coloque um fio de azeite em uma panela wok em fogo baixo até que o mesmo fique bem refogado. Acrescente em seguida a abobrinha, a cebola e a linguiça, mexendo sempre com uma colher de pau para que os sabores se misturem. O ponto ideal será aquele em que a abobrina estiver macia, mas firme. Por fim acrescente sal e pimenta moída à gosto. Combina bem com arroz branco e um bom vinho.

Dica da Myrna:
É inacreditável o que podemos fazer com o que temos na geladeira se tivermos um pouco de criatividade. Na geladeira nada se perde, tudo se transforma!

Nenhum comentário: